NOTÍCIAS

Bradesco oferece tendas de abrigo à galera do Caprichoso

Além das tendas, o Bradesco também figura na galera com os famosos adereços personalizados na cor do Caprichoso

28 de maio de 2019 Parintins Amazonas Terra Folclore Informativos

Fila: Euzivaldo Queiroz / Cedidas gentilmente pelo Jornal A Crítica / Batekos: Nathalie Brasil



O Bradesco oferece, pelo segundo ano consecutivo, a instalação de tendas de proteção para abrigar os torcedores dos bois durante os três dias do Festival Folclórico de Parintins, realizado de 28 a 30 de junho.

Sensibilizado com as torcidas, que costumam chegar às 6h da manhã e enfrentam temperaturas de até 39 °C, é que o Bradesco passou, em 2018, a instalar 400 metros de tendas de proteção, sendo 200 metros para o Caprichoso. Uma alternativa simples e que gerou mais comodidade para os torcedores apaixonados pelo Festival.


Para o diretor de galera do Boi Caprichoso, Helyandro Tavares, a presença do Bradesco no Festival é fundamental. “Nossa torcida era muito penalizada no passado, e a partir da instalação das tendas temos proteção contra o sol e a chuva, pois os portões são abertos apenas às 15h. Com a proteção podemos organizar a fila e ainda ter um rendimento melhor durante as 2h30 de apresentação”, comenta.

O diretor-presidente da Maná Produções e Eventos, André Guimarães, entende que ações como a do Bradesco fazem parte de uma visão moderna de desenvolvimento da relação dos patrocinadores com as populações locais, uma vez que a gratuidade da festa é de 100%, no que se refere a montagem do boi e o uso de indumentárias e adereços por parte dos brincantes, e 70% de gratuidade para quem assiste o espetáculo. “Respeitar as galeras é um papel do evento. É muito importante quando um patrocinador tem esta visão, isso estabelece uma relação forte da marca como o público”, enfatiza.


“O propósito do Bradesco de patrocinar manifestações culturais como o Festival de Parintins é manter vivas as tradições do país e democratizar a cultura. A marca deve se relacionar com a cultura regional de forma intrínseca. Isso fica explícito aqui com a mudança da cor da marca do Banco durante o festival”, afirma o diretor de Marketing do Bradesco, Márcio Parizotto.

Especialmente para o evento, o Bradesco adapta as cores de sua marca e de sua agência bancária na cidade de Parintins para fazer referência ao boi Caprichoso (azul).


Adereços

O Bradesco também está presente na galera azul fornecendo adereços personalizados nas cores de cada boi. Esses adereços, conhecidos como batekos, aparecem em momentos específicos da galera, de acordo com a temática do espetáculo de cada Bumbá. Ao todo são fornecidos 50 mil batekos, sendo 25 mil para a nação azulada.

“Os batekos que o Bradesco nos fornece são um material coringa, pois podem ser inseridos em vários momentos do boi. Isso nos dá várias possibilidades de coreografias e movimentos, de acordo com nossa estratégia, pois a quantidade consegue preencher toda a nossa galera”, finaliza Helyandro.

Item 19

As torcidas são parte integrante dos 21 itens avaliados pelos jurados, e de acordo com o regulamento oficial, a galera compõe o item de número 19. A Galera é definida como elemento de apoio do espetáculo, estímulo de apresentação, massa humana que forma uma das maiores coreografias uníssonas do mundo. Ainda de acordo com o regulamento oficial, seus méritos são: alegria, energia contagiante, sincronia, garra, evolução e empolgação. Na comparação os jurados avaliam a animação, calor humano, participação, criatividade, sincronia e canto.


Produção do Espetáculo

O Bradesco também veste todo o corpo de integrantes dos bumbás, que vai de músicos, tribos, cordões folclóricos, ritmistas, itens oficiais, até produtores e diretores do espetáculo, com o fornecimento de 10.000 camisas temáticas destinadas ao ensaio técnico de arena, sendo 5.000 para cada associação folclórica. Operários que trabalham na logística de alegorias, conhecidos como guerreiros Paikicés pelo boi Caprichoso, também recebem as camisas patrocinadas pelo banco. É importante ressaltar que toda a mão de obra na confecção das camisas é oriunda de Parintins, são costureiras de cooperativa da cidade que realizam este trabalho, gerando assim renda e lucro na cidade do Festival.


Presença em Parintins

Em Parintins, o Bradesco está presente com uma agência bancária, localizada na Rua Benjamin da Silva, Centro e um ponto de caixas eletrônicos localizado no Posto Santa Rosa, na Avenida Nações Unidas.

LEIA TAMBÉM

9/5/19 Caprichoso conquista patrocínio de R 20 mil para bingo dos paikicés

O bingo será realizado no dia 26 de junho, às 19h, no Centro Cultural e Desportivo de Parintins, o Bumbódromo


12/6/19 História de amor é eternizada em registro no curral do Boi Caprichoso

Os sócios-torcedores do Boi Caprichoso Yasmin e Mário se conheceram no Bar do Boi Caprichoso em Manaus


12/6/19 Galpão Central de Alegorias do Boi Caprichoso recebe visita da Secretaria de Estado do Meio Ambiente

A visita aconteceu a 20 dias do festival


6/6/19 Galpão Central de Alegorias do Boi Caprichoso recebe vistoria do Crea-AM

A vistoria faz parte do processo de fiscalização das estruturas artísticas que estão em fase final de construção para o Festival de Parintins


5/6/19 Caprichoso contagia torcedores em show inédito na Vila Amazônia

Os comunitários ficaram emocionados com a inédita apresentação do projeto Caprichoso Itinerante, no quadro da Igreja de São Francisco de Assis







Festival 2019: 28, 29 e 30 de junho



ASSOCIAÇÃO CULTURAL BOI-BUMBÁ CAPRICHOSO
Todos os direitos reservados - boicaprichoso.com